Nelson

serviços de turismo

5 dicas para montar um negócio de serviços de turismo

O gasto dos brasileiros em viagens para o exterior, segundo dados do Banco Central, em 2019 chegou a US$ 17,593 bilhões. Pense que esse é apenas um dos dados, se você pesquisar sobre gastos de estrangeiros no Brasil, ou gasto de brasileiros em viagens no próprio país, verá que os números são enormes.

Esses valores demonstram o grande potencial do setor turístico, o quanto de dinheiro é movimentado e o motivo pelo qual vale a pena investir na área.

Porém, para você que tem interesse e nunca trabalhou nesse setor, antes de criar um negócio de serviços de turismo, alguns fatores devem ser observados.

Lidando com sonhos

Para começar, saiba que quando você decide montar um negócio relacionado a serviços de turismo, você precisa ter em mente que lidará com o sonho de famílias, grupos e indivíduos.

Por essa razão é importante que sua empresa tenha um propósito sério, comprometido e dedicado a realizar o sonho e as expectativas de quem a procura.

Estude o mercado

Antes de começar qualquer negócio é importante que você estude o mercado e conheça a concorrência. Quando o mercado é estudado, você consegue saber qual a real capacidade de sucesso do seu negócio, e o quanto pode faturar com ele em média.

Uma pesquisa de mercado não precisa ser super detalhada e complexa, apenas um estudo simples pode ser feito para conhecer a concorrência, saber qual o público predominante, qual o padrão de qualidade ofertado, se vale mais a pena ter um negócio fixo, apenas online ou ambos, e também para conhecer quais as reais ameaças e oportunidades do setor.

Aprenda sobre a área

Aprenda sobre a área

Outra dica importante é que você estude e aprenda sobre a área antes de começar, de nada adianta iniciar um negócio se você não sabe nada sobre ele.

Ter uma base de conhecimentos é essencial para que obtenha sucesso nessa caminhada no setor de turismo e viagens. Por essa razão, é indicado que você faça alguns cursos para obter conhecimento.

Hoje você pode encontrar cursos online de Serviços de turismo e viagens que inclusive emitem certificados, com eles você nem precisa sair de casa para aprender. Vale a pena investir e estar capacitado para iniciar seu empreendimento.

Faça um planejamento financeiro

Depois de ter estudado o mercado e ter aprendido sobre o setor de turismo, você já possui conhecimento para saber o quanto de dinheiro será necessário para começar o seu negócio.

Para que sua empresa dê certo, esforço, dedicação e planejamento financeiro devem andar juntos.

Tenha como princípio que o patrimônio da empresa não deve se misturar com o seu pessoal. Mantenha as contas separadas, tire apenas o seu pró-labore e o restante deve permanecer na empresa para ser reinvestido, efetuar pagamentos, e para aumentar o fundo de emergência da empresa. Fundo esse que deve ser abastecido até atingir o valor suficiente, para que em caso de crise, sua empresa consiga se manter sozinha por alguns meses.

Decida produtos e serviços

Após seguir os passos básicos citados anteriormente, chega o momento de decidir quais produtos e serviços serão ofertados.

Esse passo depende que você tenha feito um bom estudo de mercado para que funcione, assim você saberá exatamente o que funcionará.

A ideia aqui é que você inove.

Você já conhece a concorrência e sabe o que é oferecido, então, sem fugir muito do que dá certo, procure uma maneira de inovar e se destacar dentro do setor.

Empreendimentos relacionados ao turismo precisam manter a criatividade e inovação em dia. O público está sempre pesquisando os melhores serviços, com maiores novidades, e com melhor atendimento.

El calafate pacote

Para uma experiência abrangente em El Calafate nada melhor do que um pacote de viagens.

Seus passeios devem incluir visita ao Parque Nacional Torres del Paine por exemplo, é bom fechar o pacote de acordo com o seu objetivo e expectativa de visita. Outros pacotes podem incluir o glaciar Perito Moreno e Torres del Paine. 

É possível adquirir um pacote em El calafate desde o translado para o hotel, até o momento da partida.

El Calafate pacote

  • Excursão ao Glaciar Perito Moreno

Esta excursão de um dia a Perito Moreno oferece vistas incríveis da geleira mais famosa da Patagônia. Durante o passeio, você pode caminhar pelas margens do Lago Argentino e Viedma, conhecido como Canal do Iceberg, onde você pode apreciar as paisagens da Patagônia. 

O passeio segue os caminhos ao redor da geleira, oferecendo uma caminhada de 3 horas na companhia do guia, com vistas deslumbrantes da parede de gelo de 60 metros, considerada pela UNESCO como Patrimônio Mundial.

  • Passeio de barco pelas geleiras: Ice Rivers Express

Este passeio no Ice Rivers Express é uma excursão de barco, oferecendo a oportunidade de conhecer os rios de gelo do sul da Argentina. 

Navegue no lago Argentino para ver as geleiras mais importantes da Patagônia em uma das paisagens naturais mais incríveis do planeta. 

Um passeio único pelas formações de gelo que constituem as enormes paredes de geleiras e icebergs no Parque Nacional Los Glaciares. 

  • Excursão de dia inteiro a Torres del Paine

Este passeio de dia inteiro ao Parque Nacional Torres Del Paine leva você de El Calafate até a fronteira da Argentina, visitando uma das mais impressionantes montanhas da Patagônia no Chile. 

Explore a natureza inspiradora de Torres del Paine enquanto esta excursão guiada o leva ao Lago Nordenskjold, à Cachoeira Salta Grande e ao Mirador dos Cuernos del Paine (o mirante dos famosos “chifres”). 

Algumas considerações sobre os pacotes de viagens

O serviço de traslado do aeroporto é compartilhado e, portanto, o tempo e a duração podem depender do número de passageiros e de seus respectivos itinerários.

Transferências para hotéis fora do centro de El Calafate podem implicar um custo extra.

O almoço e a taxa de entrada para o Parque Nacional Los Glaciares não estão incluídos. A taxa de entrada pode ser paga em dinheiro na entrada do Parque Nacional. Veja os preços dos Parques Nacionais da Argentina.

Recomendamos que você traga seu próprio almoço e bebidas, pois há apenas um pequeno café dentro do Parque Nacional.

Durante o passeio na geleira Perito Moreno, os passageiros terão a oportunidade de fazer um cruzeiro de barco para o lado norte da geleira. Este passeio é opcional e não está incluído no preço do passeio. Os passageiros que não desejarem fazer essa opção podem esperar no café do Parque Nacional.

As trilhas ao redor de Perito Moreno contêm cerca de 900 degraus, mas não é necessário subir todas elas. Passageiros com problemas de mobilidade ou limitações físicas podem usar o elevador para alcançar os vários pontos de observação.

O tour de um dia a Torres del Paine está disponível apenas entre setembro e abril.

A taxa de entrada, almoço e bebidas dentro do Parque Nacional Torres del Paine não estão incluídos. A entrada no Parque Nacional é paga em dinheiro na chegada. Veja as taxas de entrada aqui.

Recomendamos que você traga sua própria comida e bebida, porque o Parque Nacional possui apenas pequenos cafés.

Escolha o pacote que vá suprir suas necessidades, El Calafate é uma cidade pequena de modo que com um bom pacote é possível percorrer todos os pontos turísticos da cidade.

Qual o gosto do Tanino no Vinho?

Se você participou de uma degustação de vinhos pode ter ouvido mais de uma vez sobre taninos. “Tem taninos muito bem integrados” ou “destaca-se pelos seus taninos redondos”, são frases que são muitas vezes pronunciadas nas provas. No entanto, ainda há muitas pessoas que não sabem exatamente o que são taninos e como eles afetam o sabor dos vinhos.

Ao ir a uma loja de vinhos precisamos saber quais os aspectos principais para escolher o vinho perfeito. Saiba qual o gosto do Tanino no vinho, aqui neste artigo!


O que são os Taninos?

Os taninos são um composto vegetal pertencente à família dos polifenóis encontrados na casca de algumas árvores e frutos. Nas uvas, é um elemento comum na pele e sementes, o que confere o seu sabor ao vinho. Embora nem todas as uvas tenham o mesmo nível de taninos, existem variedades que se destacam mais que outras devido à presença deste componente, como por exemplo, no La Bobal, Syrah ou Cabernet Sauvignon.

Os taninos também podem ser encontrados em barris de carvalho, por isso os vinhos que sofrem esse tipo de envelhecimento têm uma maior quantidade de tanino derivado da passagem pela madeira, dando a ele um sabor único e diferenciado.

Se os taninos são mencionados tanto nas provas de vinho, é porque o seu sabor é facilmente reconhecível. Estes compostos causam uma sensação amarga, áspera e adstringente que deixa o palato seco e sem segregação salivar. Por esta razão, é essencial dominar os taninos durante o processo de vinificação e envelhecimento para amolecer e arredondar os mesmos.

Quais os tipos de Tanino?

No mundo do vinho podemos distinguir diferentes tipos de taninos. Eles falam de taninos robustos quando eles são muito abundantes em vinho, enquanto que se eles são pouco perceptíveis, eles são frequentemente chamados de taninos menores.

Da mesma forma, no caso em que o efeito dos taninos na boca é muito breve, eles são descritos como taninos aveludados e doces. Por outro lado, quando a sensação permanece, são taninos marcados.

Mas seu sabor característico não é a única propriedade dos taninos. Ficou provado que eles são muito saudáveis ​​para o corpo, ajudando a prevenir doenças cardiovasculares.

Agora que sabemos o que são Taninos e como eles podem impactar o sabor dos tipos de vinho, podemos apreciar melhor as degustações e aproveitar para fazer viagens e conhecer as diversas opções existentes, além disso, teremos base para escolher um bom tipo para ocasiões como jantares especiais.

Conheça a loja virtual de pães e kits corporativos, perfeitos para acompanhamento de um bom vinho!